segunda-feira, 29 de junho de 2009

A sensação de um bom abraço


Dizem os orientais que, quando abraçarmos uma pessoa querida, o devemos fazer da seguinte forma:
- inspirando e expirando três vezes, e a felicidade multiplicar-se-á pelo menos dez vezes.
O efeito terapêutico do abraço é inegável, por isso não devemos esperar para abraçarmos a quem queremos bem.
Se sentirmos um vazio interior, devemos tentar abraçar um amigo, deslizando delicadamente a mão sobre as suas costas para o podermos sentir junto de nós.
Nos momentos de dor e de alegria é que vemos o bem que um grande e demorado abraço nos causa.
Pelo abraço, transmitimos emoções, recebemos carinho, trocamos afeto, compartilhamos alegria, amenizamos dores, demonstramos amizade, doamos amor, expressamos nossa humanidade.
É tempo de enlaçarmos os nossos braços num terno, profundo e afetuoso abraço.

Texto de autor desconhecido

sábado, 27 de junho de 2009

AMANHÃ É UM NOVO DIA




Vou começar este texto com uma frase da Clarice Lispector, pois é exatamente assim que hoje estou me sentindo “Eu não sou tão triste assim, é que hoje eu estou cansada”
Estou me sentindo tão cansada, aparentemente tudo parece bem, mas hoje eu queria fugir pra um lugar onde eu possa chorar todas as lágrimas sem ter me preocupar com os outros, e sem correr o risco de deixar as pessoas preocupadas.
O que seria muito estranho, pois nunca mostro minha verdadeira face, sempre choro sem fazer barulho e sem deixar nenhuma lágrima cair.
Eu queria ter motivos pra estar feliz, mas não vou me preocupar com isto hoje.
Vou terminar com uma frase da Scarlet O'Hara que é um exemplo de superação.
“Afinal, amanhã é um novo dia!”
Ângela Guedes

sexta-feira, 26 de junho de 2009

quarta-feira, 24 de junho de 2009

SAUDADE

No dia 30 de janeiro se comemora o Dia da Saudade. A palavra vem do latim solitate, que na tradução literal quer dizer solidão. Mas em nossa língua ela adquiriu um significado bem mais romântico, como nos mostra o Dicionário Aurélio:

 Saudade: Substantivo feminino - Lembrança nostálgica e, ao mesmo tempo, suave, de pessoas ou coisas distantes ou extintas, acompanhada do desejo de tornar a vê-las ou possuí-las; nostalgia.

 Este sentimento sempre foi tema de músicas, poemas, filmes e não há quem já não o tenha sentido.

Temos saudades de pessoas, de momentos, de situações, de lugares. Sentimos falta de tudo o que nos faz bem. E, como dizem que relembrar é viver, a saudade nos transporta para um tempo em que fomos mais felizes, trazendo, muitas vezes, lembranças doloridas.

E para desejar a todos um Dia da Saudade cheio de boas lembranças, nos apropriamos de um poema do grande Mario Quintana:

Saudade

na solidão na penumbra do amanhecer.
Via você na noite, nas estrelas, nos planetas,
nos mares, no brilho do sol e no anoitecer.

Via você no ontem , no hoje, no amanhã...
Mas não via você no momento.

Que saudade...

Mario Quintana

Diz à lenda que a palavra saudade teve sua origem na época do Brasil Colônia, para definir a solidão dos portugueses numa terra estranha, longe dos seus entes queridos.
Saudade é uma palavra que não se pode traduzir, mas podemos sentir através da musica e dos poemas.
A música, de fato, potencia, acompanha e expressa os sentimentos. Cantar é, provavelmente, uma das formas mais bonitas de externar o que sentimos. Pode-se cantar tanto a alegria quanto a dor, a solidão e a satisfação de estar perto de algo ou alguém. Quando a música se interioriza pessoalmente, transforma-se em canção.


Na literatura, podem-se encontrar muitos autores inspirados na saudade.

Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...

Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais...

Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.

E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.

O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.

Pablo Neruda



Referências:
O Bilhete de Identidade do Povo Português? Por Julie Champagne
A “Saudade” na Canção Sertaneja Brasileira Por Alberto Marianetti, Brazilian Journalist, Lawyer, Master of Arts - Juridical and Social Sciences.
Wikipédia Saudade

AJUDANDO A CHORAR



A menina chegou em casa atrasada para o jantar.

Sua mãe tentava acalmar o nervoso pai enquanto pedia explicações sobre o que havia acontecido.

A menina respondeu que tinha parado para ajudar Janie, sua amiga, porque ela tinha levado um tombo e sua bicicleta tinha se quebrado.

-- E desde quando você sabe consertar bicicletas? - perguntou a mãe.

-- Eu não sei consertar bicicletas! - disse a menina, eu só parei para ajudá-la a chorar.

Não muitos de nós sabemos consertar bicicletas. E quando nossos amigos caíram e quebraram não as suas bicicletas, mas suas vidas, poucas vezes tivemos capacidade para consertá-la. Não podemos simplesmente consertar a vida de outra pessoa, embora isso seja o que nós gostaríamos de fazer.

Mas como a menina, nós podemos parar para lhes ajudar a chorar. Se isso é o melhor que nós podemos fazer... E isso é muito!
Giani

terça-feira, 23 de junho de 2009

A PALAVRA DESAPARECEU


Rugas delineiam minha face carregada pelo tempo.
Resignei-me, ignorando o chamado do meu sentimento, que não sei traduzir.
Uma espada corta e divide minha alma.
Meus pensamentos confusos eternizam figuras preenchendo a imaginação
Quando a noite vem me perco no conflito que me imponho.
Não consigo esquecer dos momentos felizes que hoje são saudades
A palavra desapareceu no silêncio de um fecho.
Resta apenas o eco do que não pode ser.
Ângela Guedes

sexta-feira, 19 de junho de 2009

ASAS PARA VOAR


Certo dia, um anjo ajoelhou-se aos pés de Deus e falou: “Senhor... visitei sua criação como pediu. Fui a todos os cantos. Estive no sul, no norte, no leste e oeste. Vi e fiz parte de todas as coisas. Observei cada uma de suas crianças humanas. E por ter visto, vim até o senhor... para tentar entender.
Por quê? Por que cada uma das pessoas sobre a terra tem apenas uma asa? Nós anjos temos duas... podemos ir até o amor que o senhor representa sempre que desejamos. Podemos voar para a liberdade sempre que quisermos. Mas os humanos com uma única asa não podem voar”.
E Deus respondeu: “Eles podem voar sim meu anjo. Dei aos humanos apenas uma asa para que eles pudessem voar mais e melhor que Eu e vocês meus arcanjos... Para voar, você precisa de suas duas asas... Embora livre, sempre estará sozinho. Talvez da mesma maneira que Eu... Mas os humanos... os humanos com sua única asa precisarão sempre dar as mãos para alguém a fim de terem suas duas asas. Cada um deles tem na verdade um par de asas... uma outra asa em algum lugar do mundo que completa o par. Assim eles aprenderão a respeitarem-se, pois, ao quebrar a única asa de outra pessoa podem estar acabando com as suas próprias chances de voar. Assim meu anjo, eles aprenderão a amar verdadeiramente outra pessoa... aprenderão que somente permitindo-se amar eles poderão voar. Tocando a mão de outra pessoa em um abraço correto e afetuoso eles poderão encontrar a asa que lhes falta... e poderão finalmente voar.
Somente através do amor irão chegar até onde estou... assim como você meu anjo. E eles nunca... nunca estarão sozinhos quando forem voar.”

quinta-feira, 18 de junho de 2009

O VIVER


VIVER É SOFRER

SOFRER É SONHAR

SONHAR É NÃO TER

NÃO TER FAZ CHORAR



CHORAR É TRISTEZA

TRISTEZA É DOR

A DOR NÃO É BELEZA

MAS A BELEZA É AMOR



AMOR É DELÍRIO

DELÍRIO É ILUSÃO

ILUSÃO É UM RIO

QUE BANHA O CORAÇÃO



CORAÇÃO É UMA DROGA

DROGA QUE TEMOS QUE TER

ELE PERDOA E ROGA

MAS ARRUINA QUALQUER SER

Ângela Guedes

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Não cheguei até aqui só fazendo as coisas certas.
Já fiz coisas que não fizeram sentido.

Do filme - O Guarda-Costas.


UM DIA DE DOMINGO

SELINHO "PROTEÇÃO CONTRA O MAL OLHADO"


Este eu ganhei da minha amiga, Camila Miranda, do http://memoriasdeaquariana.blogspot.com/
É um selinho contra olho gordo
O olho azul turquesa é um amuleto, o Nazar Boncuck.
Protege contra o mal olhado e a inveja.
Regras:
1 - Fazer uma oração (independe do credo), pedindo proteção;
2 - Indique 5 blogs para serem protegidos;
3 - Aplique o selinho em seu blog;
Proteção para:






(Obrigada, Camila pela indicação, proteção nunca é demais!!!
Esta nossa vida é passageira, estamos rodeados do bem e do mal
Existem pessoas que torcem pelo nosso bem, mas existem outras que querem totalmente o contrário, talvez aí esteja um pouco de inveja, talvez por querer ser melhor que a gente, e quando nos damos bem, a pessoa já quer nos ver mal...
Então o melhor a fazer é sempre pedir a Deus o apoio necessário, a força e a sabedoria para conseguir passar por cima disso tudo.)

terça-feira, 16 de junho de 2009

A VIDA


São tantas as lutas da vida
Porque ela mesma é um conflito
São incontáveis os feridos
São poucos a dar o grito
Uma classe chora de fome
Outra a falta de amor
Ninguém conhece felicidade
Todos têm dentro a sua dor
Há tantas brigas na vida
Parece mesmo um castigo
Briga-se com todo mundo
Briga-se ainda consigo
É entre o amor e o ódio
Que toda pessoa é dividida
O que nos podemos fazer?
Isso é mesmo nossa vida.
Ângela Guedes

segunda-feira, 15 de junho de 2009

HABANERA




Quando eu o amarei?
Meu Deus, eu não sei,
Talvez nunca, talvez amanhã.
Mas não hoje, isso é certo.

O amor é um pássaro rebelde
Que nada pode domar
E é simplesmente em vão chamá-lo
Se é conveniente para ele recusar.
Nada funcionará, ameaçar ou suplicar
uma pessoa fala, a outra permanece quieta;
E é a outra que eu prefiro
Ele não disse nada; mas ele me agrada.

o amor é o filho do boêmio,
Ele nunca, nunca conheceu lei alguma
Se você não me ama, eu te amo,
Se eu te amo, proteja-se
Se você não me ama,
Se você não me ama, eu te amo!
Mas, se eu te amo,
Se eu te amo, proteja-se!
Se você não me ama,
Se você não me ama, eu te amo!
Mas, se eu te amo,
Se eu te amo, proteja-se!

O pássaro que você pensou surpreender
Bateu as asas e voou
o amor está longe, você pode esperar por ele
Se você não esperar mais por ele, ele está lá!
Ao seu redor, depressa, depressa,
Ele vem, vai e depois vem de novo
Você pensa em segurá-lo, ele te evita
Você pensa em evitá-lo, ele te segura
Amor, amor, amor, amor!

domingo, 14 de junho de 2009

FÁTIMA!!! Parabéns pela iniciativa do post sobre as enchentes no Nordeste!




"Oh! Deus, perdoe este pobre coitado

Que de joelhos rezou um bocado

Pedindo pra chuva cair sem parar

Oh! Deus, será que o senhor se zangou

E só por isso o sol arretirou

Fazendo cair toda a chuva que há

Senhor, eu pedi para o sol se esconder um tiquinho

Pedir pra chover, mas chover de mansinho

Pra ver se nascia uma planta no chão

Oh! Deus, se eu não rezei direito o Senhor me perdoe,

Eu acho que a culpa foi

Desse pobre que nem sabe fazer oração..."
“Súplica Cearense”, de Gordurinha
Não fique indiferente!
Você pode ajudar!

DIVULGUE NO SEU BLOG.
"A solidariedade é o sentimento que melhor expressa o respeito pela dignidade humana."
(Franz Kafka)
Texto e fotos do blog http://vivereafinaroinstrumento.blogspot.com/
Fico imensamente grata e muito tocada pela sua delicadeza e solidariedade, é reconfortante saber que existem pessoas como você Fátima.

sábado, 13 de junho de 2009

IN THE MOOD FOR LOVE


A história de um casal cheio de afinidades, que se conhecem por conta de um destino ingrato e casamentos quase acabados.
Amor à flor da pele é, acima de tudo, poesia que mostra que o amor bate a nossa porta quando a gente menos espera e as renúncias da vida para ir de encontro a um amor.
Um dos filmes mais perfeitos que vi.

PRÊMIO MOUSE DE OURO

Olavo, (http://tracosdeumhomem.blogspot.com/) agradeço de todo coração por este selo, o qual estou exibindo com muito orgulho.

O que representa o Prêmio Mouse de Ouro:

O reconhecimento aos blogueiros que transmitem amizade, gentilezas, respeito, carinho.

Prêmio criado com a intenção de promover a confraternização entre os blogueiros na Blogosfera.

Quem recebe o Prêmio Mouse de Ouro e o aceita deve seguir algumas regras:

1- exibir o selo

2- linkar o blog pelo qual recebeu o premio

3- escolher outros blogs (quantos quiser) a que queira entregar o premio.

REPASSO A TODOS OS MEUS SEGUIDORES

quinta-feira, 11 de junho de 2009

SELO "7 COISAS QUE FAZEM SORRIR"


Este mimo fofo foi um presente de Camila Miranda, do blog
Obrigada de coração pelo lindo selinho.
Você tem que listar 7 coisas que te fazem sorrir e indicar 7 Blogs que também te façam sorrir ok?
O que me faz sorrir:

1. Pessoa que me faz sorrir: O sorriso dos meus filhos me encanta e me faz sorrir
2. Sentimento que me faz sorrir: Gratidão, é bom saber que este sentimento tão nobre ainda existe
3. Atividade que me faz sorrir: É sempre um prazer ouvir uma bela musica
4. Bebida e comida que me fazem sorrir: Chope com amigos e adoro camarão
5. Animal que me faz sorrir: Ver os pássaros que pousam na tela da janela do meu quarto.
6. Poeta que me faz sorrir: Florbela espanca, me identifico muito com as coisas que ela escreve.
7. Futilidade que me faz sorrir: Perfumes, sou uma apaixonada por gente cheirosa!
Vario sempre, mas o que mais me atrai é o opium “Yves Saint Laurent”
Estou mudando um pouco as regras. o assunto abordado neste selo é muito divertido e eu gostaria de ver o que faz todos MEUS AMIGOS “SORRIR”
Entrego este selo para todos os blogueiros que me acompanham.
VOU DEIXAR QUE TODOS MEUS VISITANTES SE SINTAM A VONTADE PRA FALAR UM POUQUINHO DAS "7 COISAS QUE FAZEM SORRIR".

DANÇA DE SALÃO




Eu te entreguei a minha carne viva
Eu te dei a minha face
Deixei você me conduzir nessa dança improvisada
De passos mal feitos e cheios de defeitos
E a estrada que tu me conduziste
Feriu os meus calos, tantos calos
Arrancou a casca da ferida ainda não cicatrizada
E você olhou para as minhas feridas
E ao invés de curá-las
Você continuou dançando
E isso foi arrancando e expondo ainda mais a minha dor.
O pior é que depois da dança,
Você não gostou das feridas abertas,
Disse que eu não sabia danças
E me deixou descalça no meio do salão.
Quem voltou não foi você você para cuidar de mim.
Foi justamente aquele que primeiro me feriu,
Que arrependido voltou de joelhos para me acudir.
Trouxe pomada e esparadrapo,
Me deu novos sapatos
E me tirou do meio do salão
Me entregando de novo o seu coração.

Germana Facundo

sexta-feira, 5 de junho de 2009

O SOL E A LUA

Quando o SOL e a LUA se encontraram pela primeira vez,
se apaixonaram perdidamente
e a partir daí começaram a viver um grande amor.
Acontece que o mundo ainda não existia
e no dia que Deus resolveu criá-lo,
deu-lhes então o toque final... o brilho!
Ficou decidido também que o SOL iluminaria o dia
e que a LUA iluminaria
a noite, sendo assim,
seriam obrigados a viverem separados.

Abateu-se sobre eles uma grande tristeza
quando tomaram conhecimento
de que nunca mais se encontrariam.

A LUA foi ficando cada vez mais amargurada,
mesmo com o brilho que Deus havia lhe dado,
ela foi se tornando solitária.

O SOL por sua vez havia ganhado
um título de nobreza "ASTRO REI",
mas isso também não o fez feliz.

Deus então chamou-os e explicou-lhes:
Vocês não devem ficar tristes,
ambos agora já possuem um brilho próprio.
Você LUA, iluminará as noites frias e quentes,
encantará os enamorados
e será diversas vezes motivo de poesias.
Quanto a você SOL, sustentará esse título
porque será o mais importante dos astros,
iluminará a terra durante o dia,
fornecerá calor para o ser humano
e a sua simples presença fará as pessoas mais felizes.
A LUA entristeceu-se muito com seu
terrível destino e chorou dias a fio...
já o SOL ao vê-la sofrer tanto,
decidiu que não poderia deixar-se
abater, pois teria que dar-lhe forças e ajudá-la
a aceitar o que havia sido decidido por Deus.
No entanto sua preocupação era tão grande
que resolveu fazer um pedido a ELE:
Senhor ajude a LUA, por favor,
ela é mais frágil do que eu,
não suportará a solidão...
E Deus em sua imensa bondade criou então
as estrelas para fazerem companhia a ela.

A LUA sempre que está muito triste
recorre às estrelas que fazem de tudo
para consolá-la, mas quase sempre não conseguem.

Hoje eles vivem assim... separados,
o SOL finge que é feliz, a LUA não
consegue esconder que é triste.

O SOL ainda esquenta de paixão pela LUA
e ela ainda vive na escuridão da saudade.

Dizem que a ordem de Deus era que a LUA
deveria ser sempre cheia e luminosa,
mas ela não consegue isso....
porque ela é mulher, e uma mulher tem fases.
Quando feliz consegue ser cheia,
mas quando infeliz é
minguante e quando minguante nem sequer
é possível ver o seu brilho.

LUA e SOL seguem seu destino,
ele solitário, mas forte,
ela acompanhada das estrelas, mas fraca.
Humanos tentam a todo instante conquistá-la,
como se isso fosse possível.
Vez por outra alguns deles vão até ela
e voltam sempre sozinhos, nenhum deles
jamais conseguiu trazê-la até a terra,
nenhum deles realmente conseguiu conquistá-la,
por mais que achem que sim.
Acontece que Deus decidiu que
nenhum amor nesse mundo seria de todo
impossível, nem mesmo o da LUA e o do SOL...
e foi aí então que ele criou o eclipse.
Hoje SOL e LUA vivem da espera desse instante,
desses raros momentos que lhes foram concedidos
e que custam tanto a acontecer.
Quando você olhar para o céu a partir de agora
e ver que o SOL encobriu a LUA
é porque ele deitou-se sobre ela e começaram a se amar
e é ao ato desse amor que se deu o nome de eclipse.
Importante lembrar que o brilho
do êxtase deles é tão grande que
aconselha-se não olhar para o céu nesse momento,
seus olhos podem cegar de ver tanto amor.

Bem, mas na terra também existe sol e lua...
e, portanto existe eclipse....
mas essa era a única parte da história
que você já sabia, não era?

Silvana Duboc

quinta-feira, 4 de junho de 2009

PORQUE NOS COMPORTAMOS ASSIM!!!

Quantas vezes não nos comportamos assim, quando somos traídas.
É aquela história, “absolutamente sem saída” e se “sentido ridícula”.
A auto-estima proclama por algo que mude a conduta.
Daí passamos a nos comportar bestamente.
Primeiro, a esperança é que ele não vai querer por fim no casamento, e nos agarramos à idéia de que ele não vai querer ficar com a outra.
Segundo, mudamos a aparência, porque não temos a coragem de ser aquilo que somos, aí passamos por uma transformação: Cabelo, roupas, maquiagem, enfim, uma geral.
Depois de tudo que ele fez ainda pensamos em conquistá-los, como se uma maquiagem nova fosse resolver tudo.

Ângela Guedes

SER POETA É SER MAIS ALTO, É SER MAIOR



Ser poeta é ser mais alto, é ser maior

Do que os homens!

Morder como quem beija!

É ser mendigo e dar como quem seja

Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor

E não saber sequer que se deseja!

É ter cá dentro um astro que flameja,

É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!

Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...

É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...

É seres alma, e sangue, e vida em mim

E dizê-lo cantando a toda a gente!

Florbela Espanca

segunda-feira, 1 de junho de 2009

DIA MUNDIAL DA CRIANÇA




Escrito com o coração: Luísa
Junho 01, 2007


Mais um dia com data especial, dia 1 de Junho o Dia Mundial da Criança. Como se pudesse haver 1 só dia para elas.Todos os dias as crianças precisam de amor, paz, alimentação, direito á saúde, em suma a todos os cuidados necessários ao seu bom desenvolvimento físico e emocial. As "nossas" crianças têm tudo isso, e por vezes até mais que o necessário. E tentamos fazer de cada um dos seus dias,
melhor que o anterior. Por isso, temos filhos e netos,
FELIZES!

Em comparação no "outro" lado do Mundo, existe a guerra, a fome, os maus tratos, a escravidão, um impudor imenso, pelos direitos das Crianças. Desviamos por comodidade os olhos de imagens chocantes destas crianças, não por egoísmo, mas por acharmos que nada podemos fazer... Honestamente não imagino como sózinha posso ajudar mas quem sabe, se um dia na vez de se movimentarem "hostes" pelas "7 Maravilhas do Mundo", não se movimentem grupos a nivel Mundial para acabar com imagens como esta:

Aí penso que, cada um de nós poderia fazer mais e melhor. Um Feliz Dia da Criança a todas as Crianças em geral, e mais um dia de "sobrevivência" aos que não tiveram a sorte dos nossos filhos e netos.
*Quero pedir desculpas a Luisa DO BLOG coisasdocoracao-luisa.blogspot.com por estar postando seu texto no meu blog, eu o li há muito tempo e confesso que fiquei muito emocionada.
E agora que li de novo achei, que era oportuno colocar no meu blog com o devido credito.
(Que os pais tenham paciência para ensinar seus filhos, sem violência os limites necessários para que a criança possa crescer respeitando e convivendo em paz com a natureza e os homens...)