sábado, 21 de abril de 2012

A LEI DO PERDÃO

Imagem-Rui Vale de Sousa

 Quando falam doenças psicossomáticas, a lista  é:
·         Artrite;
·         Câncer e todos os tipos de doenças auto-imunes;
·         Alergias variadas;
·         Asma; Rinite;
·         Gastrite; Úlcera;
·         Infecções da Helicobacter pylori;
·         Praticamente todos os transtornos de pele;
·         Impotência e outras disfunções sexuais;
·         Hipertensão arterial;
·         Fibromialgia e outras ...

São todas doenças causadas pela luta que o indivíduo trata consigo mesmo. Conheço um caso familiar, de uma moça que casou muito apaixonada, como era imatura e a paixão acabou, dentro de 2 anos ela desenvolveu uma ASMA VIOLENTA, quase incurável, andou por todos os médicos, não adiantou, tinha crises violentas. Porém quando divorciou-se a ASMA foi embora e ela curou-se.
A auto-obsessão é a mais evolvente cadeia de acontecimentos que leva o indivíduo a desenvolver doenças.

A medicina atual trata o sintoma, ataca o efeito.
Pois as doenças psicossomáticas tem sua origem no interior de cada indivíduo, e dentro as causas estão inseridas a LEI DO PERDÃO.

Pois para a AUTO-OBSESSÃO, use o AUTO-PERDÃO, que é o ato de aceitar-se.
Parece fácil, pessoas confundem o auto-apego carnal com o gostar-se, aceitar-se acima de tudo.
Diria sem precisão, pois não tenho estatística a respeito, que 90% das pessoas vivem insatisfeitas consigo mesmo, com sua situação, com seu estado atual de encarnado.
Talvez por isso buscam o prazer, a felicidade em tantas coisas, e é claro acabam não encontrando.
.
O que pouco se sabe, e nisto falha os espiritualistas modernos, é clarear a todos que o espírito sabe o que fez em todo seu passado, mesmo que a mente encarnado nada lembre, e este espírito carrega marcas e chagas de tudo que fez, desde seus primórdios, de bárbaro, assassino, devasso, carrasco, vítima, cenas traumáticas, tragédias dantescas, etc.
.
Isso aflora no seu corpo físico, em forma de doença, de chagas, de cobrança de si mesmo.
Pois falta aos CENTROS ESPIRITOS, ensinar o SER HUMANO, se perdoar, aceitar-se como um todo, entender que subiu degraus evolutivos, não tinha como evitar, NINGUÉM NASCE ANJO.
.
Aceitar-se é buscar o equilíbrio em seu interior, PERDOAR-SE, é um ato sublime, é agradecer por estar  na carne, é integrar-se com os elementos da natureza.
Quando o ser humano consegue, isso, ele descobre a auto-cura, opera-se o simples milagre da lei do PERDÃO.
Pensem nisso!!!
Por Beraldo Lopes Figueiredo

terça-feira, 17 de abril de 2012

20 FRASES DE AMOR INESQUECÍVEIS


“O amor é formado de uma só alma habitando dois corpos”.
Aristóteles, filósofo grego.

“As mais lindas palavras de amor são ditas no silêncio de um olhar”.
Leonardo da Vinci, gênio das artes  e da ciência italiano.


“O amor não se vê com os olhos, mas com o coração”.
William Shakespeare, poeta e dramaturgo.



“Ainda que eu falasse a língua dos homens, e falasse a língua dos anjos, sem amor, eu nada seria”.
 Carta do Apostolo Paulo aos Coríntios.
Capítulo 13.1

“O homem ama, porque o amor é a essência da sua alma. Por isso não pode deixar de amar”.
Liev Tosltói, escritor russo.

“O amor é a força mais sutil do mundo”.
Mahatma Gandhi, pacifista indiano.

“O verdadeiro amor nunca se desgasta. Quanto mais se dá mais se tem”.
Antoine de Saint-Exupéry, escritor francês.

“Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?”.
Fernando Pessoa, poeta português.

“O importante não é o que se dá, mas o amor com que se dá”.
Madre Teresa de Calcutá, missionária beatificada pela Igreja Católica.

“Amar se aprende amando”.
Carlos Drummond de Andrade, poeta mineiro.

“Não me falta homem, o que me falta é o amor”.
Marilyn Monroe, atriz norte-americana.

“Um simples ‘eu te amo’ significa muito mais que dinheiro”.
Frank Sinatra, cantor e ator norte-americano.

“Amar, porque nada melhor para a saúde que um amor correspondido”.
Vinicius de Moraes, poeta carioca.

“Fundamental é mesmo o amor, é impossível ser feliz sozinho”.
Tom Jobim, cantor e compositor, fundador da Bossa Nova.

“Mas há a vida que é para ser intensamente vivida, há o amor. Que tem que ser vivido até a última gota. Sem nenhum medo. Não mata”.
Clarice Lispector, escritora e jornalista brasileira.

“O nosso amor a gente inventa pra se distrair e quando acaba, a gente pensa que ele nunca existiu”.
Cazuza, cantor e compositor brasileiro.

“Pelo brilho nos olhos, desde o começo dos tempos, as pessoas reconhecem seu verdadeiro Amor”.
Paulo Coelho, escritor brasileiro.

“Os grandes amores são assim mesmo, eles nos dão o caminho da emoção, mas os sentimentos de verdade são apenas nossos, ninguém copia, ninguém leva, ninguém divide”.
Tati Bernardi, escritora brasileira.

“Liberdade na vida é ter um amor para se prender”.
Fabrício Carpinejar, poeta e jornalista brasileiro

“Amor de verdade liberta. Vício é jaula”.
Martha Medeiros, escritora e roteirista brasileira


É realmente você tem razão Marlene esta frase não é de Camões e sim do Apostolo Paulo aos Coríntios. Capítulo 13.1
Peço desculpas pelo erro.
Já corrigi a postagem, obrigada.



*Quem ama acredita, na busca constante de dar o melhor de si pela pessoa amada.
Ângela Guedes




















quarta-feira, 11 de abril de 2012

MAU HUMOR!!!

                                                                        Imagem do Google
Não me lembro direito, mas li numa revista, acho que na Carta Capital, um artigo levantando a hipótese de que todo o cara que tem mania de fazer aspas com os dedinhos quando faz uma ironia é um chato. Num outro artigo alguém escreveu que achava que jamais tinha conhecido um restaurante de boa comida com garçons vestidos de coletinho vermelho. Joaquim Ferreira dos Santos, em "O Globo" de domingo, fala do seu profundo preconceito com quem usa "agregar valor". Eu posso jurar que toda mulher que anda permanentemente com uma garrafinha de água e fica mamando de segundo em segundo é uma chata. São preconceitos, eu sei. Mas cada vez mais a vida está confirmando estas conclusões.

Um outro amigo meu jura que um dos maiores indícios de babaquice é usar o paletó nos ombros, sem os braços nas mangas. Por incrível que pareça, não consegui desmentir. Pode ser coincidência, mas até agora todo cara que eu me lembro de ter visto usando o paletó colocado sobre os ombros é muito babaca.

Já que estamos nessa onda, me responda uma coisa: você conhece algum natureba radical que tenha conversa agradável? O sujeito ou sujeita que adora uma granola, só come coisas orgânicas, faz cara de nojo à simples menção da palavra "carne", fica falando o tempo todo em vida saudável é seu ideal como companhia numa madrugada? Sei lá, não sei. Não consigo me lembrar de ninguém assim que tenha me despertado muita paixão.

Eu ando detestando certos vícios de linguagem, do tipo "chegar junto", "superar limites", essas bobagens que lembram papo de concorrente a big brother. Mais uma vez, repito: acho puro preconceito, idiossincrasia, mas essa rotulagem imediata é uma mania que a gente vai adquirindo pela vida e que pode explicar algumas antipatias gratuitas.

Tem gente que a gente não gosta logo de saída, sem saber direito por quê. Vai ver que transmite algum sintoma de chatice. Tom de voz de operador de telemarketing lendo o script na tela do computador e repetindo a cada cinco palavras a expressão "senhoooorrr" me irrita profundamente.

Se algum dia eu matar alguém, existe imensa possibilidade de ser um flanelinha. Não posso ver um deles que o sangue sobe à cabeça. Deus que me perdoe, me livre e me guarde, mas tenho raiva menor do assaltante do que do cara que fica na frente do meu carro fazendo gestos desesperados tentando me ajudar em alguma manobra, como se tivesse comprado a rua e tivesse todo o direito de me cobrar pela vaga.

Sei que estou ficando velho e ranzinza, mas o que se há de fazer? Não suporto especialista em motivação de pessoal que obrigue as pessoas a pagarem o mico de ficar segurando na mão do vizinho, com os olhos fechados e tentando receber "energia positiva".

Aliás, tenho convicção de que empresa que paga bons salários e tem uma boa e honesta política de pessoal não precisa contratar palestras de motivação para seus empregados. Eles se motivam com a grana no fim do mês e com a satisfação de trabalhar numa boa empresa.

Que me perdoem todos os palestrantes que estão ficando ricos percorrendo o país, mas eu acho que esse negócio de trocar fluidos me lembra putaria. E para terminar: existe qualquer esperança de encontrar vida inteligente numa criatura que se despede mandando "um beijo no coração"?
Lula Vieira - publicitário
(ISSO É MAIS DO QUE UM FATO CONCORDO PLENAMENTE COM ESTE TEXTO.)
 *Angela Guedes

O PROBLEMA!!!


terça-feira, 10 de abril de 2012

AÑOS



               Arte: Kees Van Dongen - Gypsy



O tempo passa
Nós vamos envelhecendo
Eu, o amor
Não mais reflito como ontem
Em cada conversa
Cada beijo, cada abraço
Se impõem sempre um pouco
De razão

Vamos vivendo
Vendo as horas
Que vão passando
As antigas discussões
Vão se perdendo
Entre as razões
Porque anos atrás
Pegar sua mão
Roubar-te um beijo
Sem forças o momento
Fazia parte de uma verdade

Porque o tempo passa
Nós vamos envelhecendo
Eu, o amor
Não mais reflito como ontem
Em cada conversa
Cada beijo, cada abraço
Se impõem sempre um pouco
De razão

A todos diz que sim
A nada digo que não
Para poder construir
Esta grande harmonia
Que envelhece os corações

Porque o tempo passa
Nós vamos envelhecendo
Eu, o amor
Não mais reflito como ontem
Em cada conversa
Cada beijo, cada abraço
Se impõem sempre um pouco
De temor

Composição: Pablo Milanés