terça-feira, 31 de janeiro de 2012

10 MÚSICAS QUE VÃO GRUDAR NO SEU CÉREBRO


Todo mundo tem uma lista pessoal de músicas-chiclete, certo? Aquelas melodias que se infiltram nos neurônios e não saem nunca mais da cabeça? Pois elas têm nome científico: earworm (ou “verme de ouvido”) e causam uma “coceira cerebral”, ou necessidade do cérebro de preencher lacunas no ritmo da música. Quando nós ouvimos alguns trechos de músicas mais propícias (as canções pop são mestras nisso), parte do cérebro automaticamente preenche com o resto - ou seja: o cérebro continua “cantando” depois que a melodia já terminou. Essas canções também são chamadas de memes musicais e afetam algumas pessoas mais do que outras.
O jeito de se curar? Ouvindo outra música - de preferência, com poderes autocolantes ainda maiores. Teste sua vulnerabilidade a vermes musicais com estes 10 vídeos pra lá de hipnotizantes.
Livia Aguiar






















Como se livrar do chicle de ouvido por Davi Rocha
Dicas rápidas e eficientes contra essa praga

Cante tudo
Quando tentamos lembrar "como é mesmo aquela letra?", ficamos parados numa parte da música o dia inteiro. Uma solução é cantar a música inteira, para eliminar de vez o chicle.

Vire o disco
Se não pode vencê-los, junte-se a eles. Livrar-se totalmente de uma música pode ser difícil. Aí o jeito é substituir uma melodia muito irritante por alguma que vá irritá-lo um pouco menos.

Pense muito
Ocupe-se. TV não ajuda muito, já a leitura mantém o cérebro trabalhando. Por isso, se ficar com alguma música na cabeça depois desta reportagem (sei lá, qualquer uma), continue lendo pra passar.

Esta reportagem foi publicada na revista superinteressante.
Postar um comentário