domingo, 2 de agosto de 2009

AND I LOVE YOU SO



E eu te amo tanto
As pessoas me perguntam como
Como eu vivi até agora
Eu lhes digo que não sei
E acho que eles entendem
Como a vida tem sido solitária
Mas a vida começou novamente
No dia em que você tocou minha mão
É, é verdade eu sei
Como a vida pode ser solitária
As sombras me perseguem
E a noite não vai me libertar
Mas eu não deixo
O entardecer me desanimar
Não agora, que você está por perto
E você também me ama
Seus pensamentos são somente para mim
Você torna meu espírito livre
Estou contente que é assim
O livro da vida é curto
E uma vez que uma página é lida
Tudo, exceto a vida, morre
Esta é a minha crença
Postar um comentário